FUNDAÇÃO LUTERANA DE DIACONIA

Notícias

Entidades reúnem-se para articular retomada do Conselho Estadual de Economia Solidária

28-06-2019

Na quarta-feira 26 de junho a Frente Parlamentar da Economia Solidária da Assembleia Legislativa do Estado do Rio Grande do Sul se reuniu com representantes de empreendimentos econômicos solidários e entidades de apoio e fomento do Fórum Gaúcho de Economia Popular Solidária para afirmar prioridades no âmbito de economia solidária.

Na mesa de abertura houve falas de deputados integrantes da Frente Parlamentar, de representantes do Fórum Gaúcho de Economia Popular Solidária - FGEPS, Central de Cooperativas e Empreendimentos Solidários - UNISOL, União Nacional de Cooperativas de Agricultura Familiar e Economia Solidária – UNICAFES, Movimento Nacional de Catadores de Materiais Recicláveis – MNCR, Associação do Voluntariado e da Solidariedade – AVESOL e da Fundação Luterana de Diaconia – FLD. AVESOL e FLD integram a coordenação do FGEPS.

A assessora programática da FLD, Angelique van Zeeland, ressaltou a importância da efetivação do Conselho Estadual de Economia Solidária - CESOL, com composição tripartite e paritária, por representantes de empreendimentos econômicos solidários, de organizações da sociedade civil de apoio e fomento a economia solidária, e da administração público, como instância propositiva e deliberativa no âmbito da política estadual de economia solidária. Também realçou a importância de implementar o Plano Estadual de Desenvolvimento da Economia Solidária, com propostas de apoio para feiras e casas de economia solidária, finanças solidárias e acesso a crédito, processos de formação e compras públicas de economia solidária.

No final, foi proposta uma carta com as principais questões, como a efetivação do CESOL, implementação do Plano Estadual e garantir recursos para economia solidária no Plano Plurianual (PPA), na Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) e na Lei Orçamentária Anual (LOA). Entre os encaminhamentos da reunião também está a solicitação da uma audiência com a secretária Estadual do Trabalho e da Assistência Social, responsável pela implementação da Política Estadual de Fomento à Economia Solidária.