FUNDAÇÃO LUTERANA DE DIACONIA

Notícias

Roda de chimarrão: ameaças a povos e comunidades tradicionais do Pampa e a seus territórios

28-03-2018

Fórum Alternativo Mundial da Água (FAMA) 2018, realizado entre os dias 17 e 22 de março, em Brasília, reuniu organizações e movimentos sociais de todo o mundo, que lutam em defesa da água como direito elementar à vida. O objetivo foi unificar a luta contra a tentativa das grandes corporações em transformar a água em uma mercadoria, privatizando as reservas e fontes naturais e transformando esse recurso em um direito inalcançável para  muitas populações. O FAMA se contrapõe ao  Fórum Mundial da Água, um encontro promovido pelos grandes grupos econômicos que defendem a privatização das fontes naturais e dos serviços públicos de água.

Em 2018, o evento, organizado por 37 entidades ligadas a povos e comunidades tradicionais, indígenas, camponeses, mulheres, religiosos, movimentos sindicais e ambientais, organizações baseadas na fé, organizações da sociedade civil, reuniu 7 mil pessoas e 170 representações de cinco continentes, que participaram em mais de 200 atividades, como palestras, debates, seminários, painéis, atividades autogestionadas e assembleias.

Roda de Chimarrão

No FAMA, o Comitê dos Povos e Comunidades Tradicionais do Pampa e a Fundação Luterana de Diaconia (FLDpromoveram a Roda de chimarrão - Povos e comunidades tradicionais do Pampa: visibilidade e resistência em territórios sob ameaça. Ali, foi apresentado o comitê e suas principais lutas, com ênfase ao tema da mineração, impactos sobre bacias hidrográficas e ameaças aos povos e comunidades tradicionais (PCTs) do bioma.

A atividade aconteceu nos dias 17 e 21 de março, no campus da UnB e junto à Tenda Inter-religiosa organizada pelo Conselho Nacional de Igrejas Cristãs (CONIC). O diálogo promoveu trocas de ideias e de experiências entre as pessoas participantes, que trouxerem elementos sobre suas realidades em regiões também localizadas no bioma, tanto no contexto brasileiro quanto latino-americano.

Na ocasião, também foi divulgada notícia sobre a elaboração do Manifesto sobre Políticas, Planos e Projetos de Mineração no Rio Grande do Sul  e sobre o projeto de mineração “Caçapava do Sul”, documento elaborado pelo Comitê e pela FLD, que traz um panorama sobre as violações de direitos de PCTs ocasionadas pelos projetos minerários previstos para o RS, em regiões ainda bastante conservadas do bioma Pampa, territórios tradicionais de PCTs que não são considerados nos estudos e relatórios de impacto ambiental. O diálogo despertou o interesse acerca dos PCTs do Pampa, historicamente invisibilizados, suas culturas e as lutas por seus direitos.

Abaixo, disponibilizamos uma série de vídeos produzidos durante o FAMA, pela organização Amigos da Terra, parceira da FLD. 

Fórum Mundial Alternativo das Águas

 

FAMA - Tour da resistência e alternativas

 

FAMA - Plenária Unificada 1

 

Pela água de todas e todos, ouçamos as vozes tradicionais e originárias

 

FAMA - União Pela Preservação do Rio Camaquã

 

FAMA - Nalú Faria / Agua y Sustentailidad de la Vida

 

FAMA - "Nossos problemas são os mesmos"

 

FAMA - Estratégias do Capital sobre os Bens Naturais e a Água

 

FAMA – Poesia

FAMA - "Estamos luchando por la vida"